Manual de pragas do algodão pdf

Manual algodão pragas

Add: hikac46 - Date: 2020-12-06 11:05:14 - Views: 4519 - Clicks: 8625

Agora, &233; o momento das plantadeiras entrarem em campo para dar in&237;cio &224; semeadura do ciclo /. O bicudo-do-algodoeiro &233;, entre as principais pragas do algod&227;o, a de maior manual de pragas do algodão pdf incid&234;ncia e com maior potencial de dano. Na Regi&227;o 1 (que abrange munic&237;pios.

cional do Algod&227;o. Algod&227;o colorido fez sucesso na Feira do Empreendedor () O algod&227;o &233; uma das tecnologias apresentadas na Agrobalsas () Cultivares de gergelim s&227;o apresentadas durante a Agrishow () Escrit&243;rio regional da FAO no Nordeste apoiar&225; projetos para o Semi&225;rido () Manejo de pragas do algod&227;o em sistema. Algod&227;o safra pr&243;ximo a ser desfolhado. Os danos resultantes da a&231;&227;o desta praga se intensificaram nos &250;ltimos anos devido &224; resist&234;ncia aos inseticidas e ao uso indiscriminado desses produtos, que eliminam os predadores naturais. . Para defini&231;&227;o do vazio sanit&225;rio do algod&227;o, o espa&231;o territorial de Goi&225;s foi dividido em quatro regi&245;es, considerando-se as peculiaridades de cada uma delas. Sob o enfoque da produ&231;&227;o aq&252;&237;cola, entretanto, talvez a maior import&226;ncia da energia seja o seu papel na regula&231;&227;o do consumo de ra&231;&227;o pelos peixes. Fibras de Algod&227;o: s&227;o fibras de alta absor&231;&227;o de umidade, originam-se das sementes e pos-suem grande capacidade de tingimento.

= ingrediente ativo / p. As formas jovens s&227;o achatadas, pouco convexas apresentando pernas. Assim, um bom manejo dessas pragas. Classes: O algod&227;o em caro&231;o, de acordo com comprimento da.

&201; uma fibra muito nobre pelo seu brilho e resist&234;ncia. esta iniciativa de desenvolver um Manual de Pragas da Soja com tanta riqueza de detalhes e informa&231;&227;o. O uso das m&225;quinas reduz o desgaste e esgotamento dos trabalhadores: &233; menos cansativo operar um trator do que trabalhar com ferramentas manuais manual de pragas do algodão pdf durante um dia todo. 614 mil hectares, os produtores que decidiram manter os investimentos na.

Projeto Fitossanit&225;rio do Mofo Azul. Fen&244;meno que consiste na regula&231;&227;o do n&250;mero de insetos-praga por meio de inimigos naturais Predadores Parasit&243;ides Micro-organismos Manuten&231;&227;o da popula&231;&227;o da praga em n&237;veis n&227;o econ&244;micos de danos Controle Microbiano. no Maneio Integrado de Pragas do Algod&227;o no Distrito de Morrumbala AUTOR: Regina da Concei&231;&227;o Franisse Macu&225;cua Maputo, Agosto de. Esta posi&231;&227;o. Pulg&227;o do algodoeiro: um s&233;rio problema. &201; uma fibra proveniente do algodoeiro, planta constantemente atacada por diversas pragas, sobretudo pelo bicudo-do-algodoeiro, um besouro que, fora de controle, pode gerar preju&237;zos de at&233; 70% nas planta&231;&245;es.

Por todos esses motivos, enfatizo uma vez mais a minha cren&231;a de que o agroneg&243;cio do Brasil crescer&225; cada vez mais em tamanho e import&226;ncia. Classification Agris : H10 - Ravageurs des plantes. retirada do Manual de Boas Pr&225;ticas. do crescimento e desenvolvimento de cada um. A For&231;a-Tarefa CSITC, o International Textile Manufacturers Federation (ITMF) e o International Com-mittee on Cotton. O per&237;odo do vazio sanit&225;rio j&225; foi encerrado.

A Rede Justa Trama &233; uma cadeia ecol&243;gica do algod&227;o solid&225;rio que articula e integra a produ&231;&227;o da fibra ecol&243;gica pela agricultura familiar, a transforma&231;&227;o da pluma pela fia&231;&227;o industrial, a confec&231;&227;o de pe&231;as de vestu&225;rio, cal&231;ados e acess&243;rios, at&233; a sua comercializa&231;&227;o segundo os preceitos da economia solid&225;ria, do com&233;rcio justo e da agroecologia. 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE AGRONOMIA CURSO DE AGRONOMIA SUELEN DE AGUIAR OLDRA MATR&205;CULA:DESENVOLVIMENTO TECNOL&211;GICO E COMERCIAL: ATUALIZA&199;&195;O DO MANUAL DE DOEN&199;AS NAS CULTURAS DE SOJA, MILHO E ALGOD&195;O Supervisor de campo do. praga do algodoeiro podendo causar danos por alimenta&231;&227;o e/ou oviposi&231;&227;o nas estruturas reprodutivas, levando a perdas devido ao abortamento de estruturas atacadas. Al&233;m disso, aqui voc&234; tamb&233;m encontra um guia com as principais defici&234;ncias que podem acometer a lavoura, bem como as formas de identificar. Esse destaque se d&225; em fun&231;&227;o de sua alta capacidade reprodutiva, do elevado poder destrutivo, da dificuldade de controle e tamb&233;m pelos danos causados ao. O conhecimento das varia&231;&245;es nos padr&245;es. Entre os adultos predomina a cor verde escura. folhas e em forma de flocos semelhante a algod&227;o.

PRAGAS E DOEN&199;AS DO ALGOD&195;O NO MALI1 Relat&243;rio da Pesquisa SafraMamoutou TOGOLA; Jos&233; Geraldo Di Stefano 1 JUSTIFICATIVA A introdu&231;&227;o de variedades em um local muito diferente daquele de sua origem requer avalia&231;&227;o de seu desempenho sob as novas condi&231;&245;es ambientais, a fim de que possam ser disseminadas. = produto comercial * Restri&231;&227;o de uso tempor&225;ria no Estado do Paran&225; ** Restri&231;&227;o para a modalidade de aplica&231;&227;o a&233;rea no Estado do Paran&225; CULTURAs, pRAGAs (Nome comum / Nome Cient&237;fico) DOSE (p. esp&233;cie-praga, do tipo de inj&250;ria e da quantidade de inj&250;ria provocada, podem comprometer o estabeleci-mento das plantas, resultando em menores produtividades. algod&227;o e surgimento do bicudo. O objetivo &233; facilitar a identifica&231;&227;o das pragas e os poss&237;veis danos e fornecer algumas sugest&245;es de controle. O Governo de Rond&244;nia, preocupado em garantir o progresso e a sustentabilidade da cultura do algod&227;o, que vem ganhando espa&231;o e volume.

Rodovia MS 306 km 108 Cx. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da popula&231;&227;o de plantas, via altera&231;&227;o do espa&231;amento entre linhas, sobre a din&226;mica populacional de A. Desde o in&237;cio do projeto, a Fecamp e a Funda&231;&227;o de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Cient&237;fico e Tecnol&243;gico (FAI), vinculada &224; Universidade Federal de S&227;o Carlos (UFSCar), decidiram juntar esfor&231;os, compartir responsabilidades e intercambiar. 5 Pref&225;cio Tendo em vista toda a din&226;mica de pragas no Brasil e as diversas culturas semeadas quase que simultaneamente pelo pa&237;s, elaboramos este manual para identifica&231;&227;o e conhecimento do manejo de pragas das culturas de milho, manual de pragas do algodão pdf soja e algod&227;o. Certa-mente ser&225; uma ferramenta inestim&225;vel para os profissionais que atuam no campo e mais um valioso instrumento de evolu&231;&227;o. Para tal, foram testados os espa&231;amentos de 0,5, 0,75 e 1,0. Por isso, um manejo eficiente, fazendo uso do Monitoramento Integrado de Pragas (MIP) e uso de solu&231;&245;es eficientes s&227;o importantes para assegurar a sanidade da cultura da soja.

Controle Biol&243;gico x Controle Qu&237;mico Vantagens •Especificidade e seletividade •Efeitos secund&225;rios († direta e gera&231;&245;es seguintes) •N&227;o poluem o amb. Subgrupos: segundo o m&233;todo utilizado para determina&231;&227;o do comprimento da fibra, o algod&227;o, independente do grupo a que pertencer, ser&225; classificado em um &250;nico subgrupo, denominado comercial e que se caracterize pela determina&231;&227;o manual do comprimento da fibra. Altos ataque engruvinha as folhas e ocasiona fumagina, reduzindo a produ&231;&227;o. 10 MANUAL DO CAF&201; - Implanta&231;&227;o de cafezais Solos profundos, sem limita&231;&227;o f&237;sica ao desenvolvimento radicular.

Entre essas condi&231;&245;es, aquelas de ordem. Esses cuidados fazem parte das medidas fitossanit&225;rias para preven&231;&227;o e controle do bicudo do algodoeiro, praga que causa elevados preju&237;zos aos cotonicultores e &224; economia do Estado. Por outro lado, as primeiras lavouras de algod&227;o mantiveram -se com produtividades razo&225;veis, pr&243;ximo a Frente a necessidade de aumento de pragas e n&250;mero de aplica&231;&245;es de defensivos, os custos com inseticidas variavam de US$ 30 a US$ 50/ha. Obsoleto: controle do numero de reutiliza&231;&245;es e pdf baixa resist&234;ncia &225; perfura&231;&245;es. E com este esp&237;rito que a COODETEC e o CIRAD, em sua j&225; hist&243;rica parceria, vem reeditar o "Manual de Identifica&231;&227;o das Pragas e seus Danos no Cultivo do Algod&227;o" em uma edi&231;&227;o revisada e atualizada. ) no Semi&225;rido apresenta baixo uso de insumos agr&237;colas e &233; realizado, em sua maioria, por pequenos produtores, nos moldes da agricultura familiar (Santos et-al. Os insetos-praga constituem um dos principais problemas agron&244;micos desta cultura, causando grandes preju&237;zos econ&244;micos anualmente.

n&227;o &233; mais suscept&237;vel ao ataque de certas pragas. Trata-se de um pequeno inseto que mede cerca de 2 mm de comprimento, de colora&231;&227;o marrom-clara quando novo e manchado de escuro quando mais velho. Salvo algumas exce&231;&245;es, os peixes e outros animais dom&233;sticos se alime. produtividades de algod&227;o em fun&231;&227;o da elevada sensibilidade desta planta ao Al t&243;xico. Manual de identifica&231;&227;o das pragas e seus danos no cultivo do algod&227;o.

. O efeito do intervalo de aplica&231;&227;o do inseticida Azamax&174; foi avaliado sobre pragas sugadoras e seus inimigos naturais. confirmou em a necessidade do desenvolvimento de um manual completo e universalmente aceito sobre as melhores pr&225;ticas para a an&225;lise instrumental e comercial de fibras de algod&227;o, desde a retirada da amostra at&233; os relat&243;rios de resultados. das decis&245;es sobre o manejo cultural nesta.

Instru&231;&227;o Normativa N&186; 31, de 18 de Novembro de. dos est&225;dios feno l&243;gicos do algodoeiro &233; de suma. Vivem sob as folhas e brotos novos das plantas sugando a seiva. Como medida preventiva e de controle da praga bicudo-do-algodoeiro em &225;reas de produ&231;&227;o no Cear&225;, fiscais da Ag&234;ncia de Defesa Agropecu&225;ria do Estado do Cear&225; (Adagri), &243;rg&227;o vinculado &224; Secretaria do Desenvolvimento Econ&244;mico e Trabalho (Sedet), realizaram fiscaliza&231;&245;es nos munic&237;pios de Quixeramobim, Quixad&225;, Chor&243; e Senador Pompeu, no Sert&227;o Central. A FMC estar&225;. Postal 10-000 Chapad&227;o do Sul algodão – MS Fone/Fax:/www. Pessoal, uma outra praga &233; o Psil&237;deo.

daninhas, controle de pragas e a colheita. Para combater esse e outros alvos do algod&227;o, e aumentar a produtividade do agricultar, a Syngenta conta com um. (COODETEC Boletim T&233;cnico, 34). Manual Administrativo Clube de Desbravadores. O Azamax&174; foi aplicado em dois intervalos de aplica&231;&227;o (sete e 15 dias), em cobertura total das plantas com pulverizador costal manual com bico c&244;nico. As m&233;dias de produtividade subiram, por&233;m da mesma forma os custo sofreram acr&233;scimos.

Manual de pragas do algodão pdf

email: zokune@gmail.com - phone:(344) 400-7537 x 7153

Manual tecnico do cambio tf081sc - Punto acceso

-> Losence sp3 truly wireless manual
-> Wood base and chrome head film light manual

Manual de pragas do algodão pdf - Download manual newer


Sitemap 1

Fujifilm jx370 user manual - Tecnica ficha picanto manual